Meio&Mensagem
Publicidade

Wave Festival

Adiado para 2022

Blue Wave para Africa e Grand Prix para outros quatro cases

“TagWords”, da Africa para Budweiser soma Blue Wave e dois Grand Prix; Tech and Soul, Cheil, BETC/Havas e AlmapBBDO também conquistam Grand Prix

Alexandre Zaghi Lemos
29 de maio de 2019 - 10h22

Foram encerrados na manhã e início da tarde desta quarta-feira, 28, todos os júris da 12ª edição do Wave Festival. Desde segunda, dia 27, 66 profissionais de criação, marketing e mídia da América Latina e mercado hispânico dos Estados Unidos estiveram reunidos para julgar os cases inscritos em 18 áreas.

Além dos seis Grand Prix definidos na terça-feira, 28, outros cinco (Media, Design, Industry Craft, Social & Influencer e Branded Content & Entertainment) e mais o Blue Wave foram eleitos nesta quarta, 29. Não houve Grand Prix em Digital Craft, Radio & Audio, PR e Social Change.

O Blue Wave, que é o prêmio destinado a ideias que inspiram e rompam paradigmas, inovam e elevam a qualidade criativa do mercado foi para “TagWords”, da Africa para Budweiser, que também conquistou o GP de Media nesta terça e já havia vencido a disputa pelo GP de Print & Publishing na segunda, 27.

O Grand Prix de Branded Content & Entertainment foi para a ação “Goleiro distraído”, da Tech and Soul para Uber, que já havia conquistado o GP de Outdoor.

Em Design, o Grand Prix ficou com a Cheil, pelo case “Medida do Desperdício”, criado para Greenpeople

“The 9’58 Biography”, da BETC/Havas para Puma conquistou o Grand Prix de Industry Craft

Na área de Social & Influencer, o GP foi para “Tempo do Neymar”, da AlmapBBDO para Gol Linhas Aéreas

 

Publicidade

Compartilhe

Patrocínio

Realização