Meio&Mensagem
Publicidade

Wave Festival

Adiado para 2022

Quando a criatividade não pede licença

CP+B é a agência à frente da criação da campanha do Wave Festival 2020; peças destacam trabalhos criativos que marcaram o mundo

Teresa Levin
2 de março de 2020 - 15h00

CP+B criou a campanha do Wave Festival 2020 (Crédito: Divulgação)

Monalisa, 9ª Sinfonia de Bethoven, Romeu e Julieta, 14-bis e A Origem das Espécies. Criações que marcaram o mundo em diversas frentes inspiraram a campanha criada pela CP+B para divulgar o Wave Festival 2020. Com o conceito “A criatividade não pede licença”, ela dá protagonismo a uma criatividade que não dá ouvidos a qualquer comentário e não respeita a mediocridade ou o medo de errar. A ideia é lembrar que, quem é inovador e criativo vai lá e faz, sem precisar de autorização.

Com isso em mente, grandes invenções da história da humanidade inspiram as peças. Com bom humor, as imagens aparecem sempre acompanhadas de comentários nem um pouco inspiradores, pensados a partir de observações e críticas que os publicitários estão acostumados a ouvir quando desenvolvem uma campanha. A partir daí, a ação da CP+B apresenta o conceito da campanha mostrando que a criatividade não ouve qualquer besteira e não pede licença para seguir em frente. A arte da campanha que divulga o festival é de autoria do Coletivo Cavalo do Cão e traz pinturas em tela que representam as inovações e seus criadores, brincando com cores e texturas.

Promovido pelo Grupo Meio & Mensagem, o Wave Festival vai acontecer nos dias 4, 5 e 6 de agosto, no Grand Hyatt, no Rio de Janeiro. As inscrições regulares vão até 23 de junho e as inscrições estendidas até 7 de julho.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • CP+B

  • Meio & Mensagem

  • Wave Festival

  • campanhas

  • criação

Patrocínio

Realização