Meio&Mensagem
Publicidade

Wave Festival

Adiado para 2022

Wave 2019 terá jurados atuantes em seis países

Décima segunda edição da premiação acontece de 27 a 29 de maio, no Rio de Janeiro

Teresa Levin
17 de maio de 2019 - 13h35

Júris serão realizados no Grand Hyatt (Crédito: Eduardo Lopes)

De 27 a 29 deste mês, o hotel Grand Hyatt, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, receberá profissionais de Brasil, América Latina e mercado hispânico dos Estados Unidos para a 12a edição do Wave Festival, o festival de criatividade latino-americana promovido anualmente pelo Grupo Meio & Mensagem. Esse grupo, que terá a missão de definir os melhores trabalhos da região, junta criativos e executivos de marketing e mídia atuantes em seis países. Divididos em cinco salas, eles irão avaliar ao longo de três dias as inscrições feitas em 18 áreas, que cobrem as mais variadas mídias e estratégias de comunicação para marcas.

Acontecendo poucos dias antes do Cannes Lions, o Wave Festival faz com que os trabalhos premiados pelo júri reunido no Rio cheguem ao evento francês como o carimbo de melhores da região. Desde a primeira edição, o Wave tem todo seu julgamento presencial e é caracterizado por uma seleção rigorosa de premiados. Em 2018, por exemplo, das 18 categorias, 12 entregaram Grand Prix, mas seis preferiram não conceder o prêmio máximo.

“Sempre que integro um júri, espero encontrar ideias que sejam definitivamente incríveis. Estou superempolgado em ver o que está sendo produzido de novo e que traga frescor para o nosso mercado”, comenta Fernando Sosa. Ele é gerente-geral e vice-presidente da La Comunidad, agência de Buenos Aires, e já participou do Wave Festival anteriormente — em 2017, foi um dos integrantes do grupo que avaliou os concorrentes em Film e Film Craft; agora volta para presidir o júri de Print & Publishing.

Entre os presidentes de júri que veem do mercado hispânico dos Estados Unidos está Pablo Buffagni, diretor de criação e head chef da BBQ Agency. Ele começou a trabalhar com publicidade ainda em Buenos Aires, mas desde 2000 encontra-se na Califórnia. “Espero premiar trabalhos que surpreendam”, diz o publicitário que estará à frente do júri de Social & Influencer. Outro nome que atua no mercado hispânico dos Estados Unidos e integrará o júri do Wave Festival é Nathalia Resende, brasileira que hoje é diretora de criação da BBDO Minneapolis. Ela começou sua carreira como diretora de arte em agências como Fbiz, FCB, Dentsu e AlmapBBDO. Em 2011 mudou-se para os Estados Unidos e atuou na The Martin Agency e na 22squared antes de assumir o atual cargo neste ano.

Outro latino que vive nos Estados Unidos é Juan Pablo Ortiz, que lidera a DDB Latina e tem em seu currículo uma trajetória destacada como uma das principais lideranças criativas da região. Colombiano, ele foi o primeiro latino-americano a tornar-se presidente de uma agência de publicidade nos Estados Unidos, a Leo Burnett USA, e o primeiro líder de agência que uniu todos os mercados latinos sob um só comando, inclusive sob a ótica da criação, ao assumir, em 2014, o cargo de presidente criativo da DDB Americas.

Este ano, o grupo de jurados do  Wave Festival tem ainda o diferencial de incluir mais anunciantes, entre eles, Daniela Cachich, que é vice-presidente de marketing na PepsiCo e irá presidir o júri de Brand Experience & Activation.

Confira abaixo a relação completa dos jurados:

 

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Premiação

  • Wave Festival 2019

  • Time

  • Jurados

  • Edição

  • Maio

  • Rio de Janeiro

Patrocínio

Realização